Nós seleccionamos para você: Alguns artigos sobre o tema pneus de inverno

Já é Inverno quando os seus pneus de Verão atingiram os seus limites.

Os limites dos pneus de Verão são facilmente alcançados. Mesmo em temperaturas muito superiores a zero grau, os pneus de Inverno modernos oferecem claramente mais segurança em pistas secas, molhadas ou cobertas por neve. Ao considerar os aspectos mencionados e também o facto que na Alemanha quase metade do ano é Inverno, agora é a hora de montar os seus pneus de Inverno.

Bem diferentes

Pneus de Inverno e pneus de Verão são pensados e produzidos com propósitos totalmente diferentes. Pneus de Verão destacam-se por suas bandas de rodagem com blocos maiores e fechados, bem como uma mistura de borracha mais sólida. Deste modo, estes pneus proporcionam a estabilidade necessária ao veículo em casos de altas temperaturas, atrito intenso (pistas secas) e altas velocidades. Entretanto, sob condições de baixas temperaturas, estes pneus carecem da importante aderência ao asfalto em razão da falta de flexibilidade; um risco à segurança que pode ser penalizado na forma de 20% de culpa colaboradora *.

Por outro lado, pneus de Inverno modernos possuem uma mistura de borracha mais macia, bandas de rodagem com vários blocos pequenos e cortes longitudinais/ transversais afiados. Em pistas que oferecem pouco atrito, em condições de baixas temperaturas, bem como neve e gelo os pneus de Inverno com suas finas lamelas oferecem as melhores condições de segurança.

Bem semelhantes

Enquanto as bandas de rodagem e as misturas de borracha dos pneus de Inverno e dos pneus de Verão são bem diferentes, os desempenhos dos pneus quanto ao conforto e ao consumo de combustível são bem semelhantes. Pneus de Inverno modernos produzem pouco ruído e destacam-se por uma baixa resistência. Então, para aqueles que equipam o seu veículo com os pneus adequados, a condução não só faz-se mais segura, mas também o condutor não abrirá mão de nenhuma outra característica.

*= sentença expedida pela corte distrital de Trier (AZ 6 C 220/85)

(do www.funke-heidel.com)

Pneus de Inverno – do que depende a sua escolha?

Todos os anos os mesmos problemas. Condutores cujos veículos estão equipados com pneus de Verão lutam, sem qualquer expectativa de vitória, contra as condições de Inverno adversas que encontram-se nas ruas. A dança sobre o parquê pode terminar num acidente no qual o resultado pode ser pior do que um simples arranhão.

Somente quem toma as precauções necessárias em tempo e faz a associação perfeita entre jante e pneu, previne acidentes no trânsito.

Mas – Qual pneu de Inverno é o pneu apropriado para a sua necessidade pessoal? Pneus de Inverno modernos com as suas bandas de rodagem finamente onduladas podem dificilmente ser diferenciados de um pneu de Verão a olho nu. Na mesma linha, condutores esperam algo especial dos seus pneus de Inverno: A dirigibilidade do veículo sobre gelo e neve deve ser sempre segura e em pistas molhadas não devem ter desempenho inferior ao dos pneus de Verão.

Um pneu que acumula todas essas qualidades infelizmente não existe. Testes de pneus demonstram continuamente diferenças extraordinárias.

Alguns pneus são especialistas em gelo e neve, mas derrapam facilmente em pistas molhadas. Outros pneus que apresentam boa aderência ao solo em pistas molhadas têm como ponto fraco um acelerado desgaste. E pneus que apresentam desempenho convincente em pistas secas irritam com os seus altos ruídos. Geralmente três tipos de pneus estão disponíveis para escolha nas lojas especializadas: Pneus novos, pneus para todas as épocas e pneus recauchutados.

O tipo de mistura da borracha é decisivo. A banda de rodagem de pneus de Inverno é mais macia do que a banda de rodagem de pneus de Verão e, sob temperaturas baixas, condensam melhor a lama e a neve. Tracção e fidelidade à trilha nessas condições são visivelmente intensificadas.

Os pneus que melhor lidam com a lama e com a neve são os pneus de Inverno clássicos e novos. No Inverno as características destes pneus são muito demandadas, entretanto, em pistas secas estes pneus deixam muito a desejar. Especialmente ao trocar de pistas estes pneus mostram-se um pouco pesados.

Pneus para todas as épocas, que normalmente são mais caros do que pneus clássicos de Inverno, são considerados como o meio-termo quando tratamos da venda de pneus. Com estes pneus pode-se conduzir melhor no Inverno em comparação aos pneus de Verão. Porém, no Verão estes pneus não lhe oferecem o mesmo conforto.

Especialmente sobre a neve, pneus para todas as épocas apresentam pontos fracos. Ao frear-se com estes pneus, frequentemente falta o atrito necessário para parar o veículo. Em compensação, estes pneus são ambientalmente correctos, já que têm um processo de desgaste mais lento e, portanto, uma vida útil mais longa. O consumo adicional de combustível é mínimo. Pneus recauchutados assemelham-se às vezes a alguns pneus novos e caros. Basta olhar o preço para saber se o pneu é novo ou foi recauchutado para uma segunda volta.

Condutores adotam cada vez mais esta alternativa mais barata. 30% de todos os automóveis no Inverno de 1997/98 rodavam com pneus recauchutados.

 

Importante: Preste atenção sempre no selo de qualidade ao comprar pneus. O selo indica que o pneu foi fabricado de acordo com as regras prescritas na lei.

 

Testes demonstram que os modelos recauchutados nem sempre oferecem o mesmo nível de segurança oferecido por pneus novos.

Deve evitar-se conduzir em máxima velocidade com pneus recauchutados. Por isso, uma boa dica é usar estes pneus somente em veículos com poucos cavalos de potência. Resumo: Qual pneu de Inverno a ser usado depende sempre da região e o local onde os pneus serão predominantemente usados. Somente quem estabelece prioridades escolhe o produto correcto.


Nosso conselho:
Certifique-se que está a escolher um produto novo. Pneus de Inverno com mais de dois anos já estão impróprios para o uso.

 

O código na lateral do pneu indica a data de fabrico.

 


Importante: Compre o seu pneu de Inverno antes da época de neve e gelo. Quando a época de Inverno já está lá, os pneus de Inverno não só são mais caros do que na pré-época, mas também o modelo desejado pode não mais estar disponível. (SWR 2000)

Passeios nas montanhas

Passeios nas montanhas durante a época de Inverno devem ser feitos essencialmente com pneus de Inverno, mesmo que em alguns países alpinos, equipamentos específicos para Inverno não sejam obrigatórios. Ao usar pneus de Inverno também é recomendado que leve junto as correntes anti-derrapantes em caso de neve inesperada.

Já em temperaturas entre + 5 e + 10 graus, pneus de Inverno apresentam melhor aderência em pistas secas. Utilize um jogo completo de pneus M+S com bandas de rodagem de pelo menos 4 mm de espessura e que não ultrapasse quatro anos de idade. Observe ao montar os pneus em seu veículo se o pneu possui uma direcção específica de rodagem: Uma seta na lateral do pneu indicará a direcção de rodagem do mesmo.

 

Consta no livrete do seu veículo o procedimento correcto de troca dos pneus.

Na próxima vez em que for abastecer o seu veículo, verifique a pressão de ar dos pneus! Nos pneus de Inverno a pressão de ar é geralmente 0,2 libras maior do que a pressão encontrada nos pneus de Verão. A informação correcta sobre a pressão de ar para o seu veículo pode ser encontrada também no livrete.

O local apropriado para o armazenamento dos pneus de Verão é o porão, já que esses pneus devem ser armazenados em local limpo, fresco e protegidos do sol.

Pneus de Inverno – Uso obrigatório

Na Alemanha não é obrigatória a utilização de pneus de Inverno.  No entanto, condutores envolvidos em acidentes a utilizar pneus de Verão, certamente terão problemas com a companhia seguradora. Especialmente nos casos de seguro contra todos os riscos (seguro compreensivo).

Na Áustria não existe uma obrigação geral quanto ao uso de pneus de Inverno. No entanto, a utilização dos mesmos pode ser demandada em casos de ruas nas montanhas cobertas por neve. Em determinadas localidades haverá sinalização que indica a obrigatoriedade do uso de pneus de Inverno e/ou o uso de correntes anti-derrapantes.

Na Suíça não existe nenhuma determinação legal para o uso de pneus de Inverno. Quem, no entanto, envolve-se em acidentes sobre pistas nevadas, a utilizar pneus de Verão, assume uma parte substancial da responsabilidade.

 

Itália: Sob condições climáticas rigorosas no Inverno, a utilização de pneus de Inverno pode ser obrigatória por um período curto de tempo em determinadas áreas.

França: A utilização de pneus de Inverno é obrigatória em ruas nas montanhas caso especificada pela sinalização no local.

 

A partir de primeiro de Dezembro não só os cidadãos finlandeses deverão montar pneus de Inverno em seus veículos, mas também condutores estrangeiros na Finlândia. Como na Finlândia, nas estradas da Letônia o uso de pneus de Inverno é obrigatório, mas no entanto, somente entre primeiro de Dezembro e 29 de Fevereiro do ano seguinte.  

 

Automóveis e furgonetas com peso total permitido de 3,5 toneladas, bem como reboques e veículos especiais com peso total permitido de 700 a 3.500 kg devem utilizar pneus de Inverno com bandas de rodagem com no mínimo 3 mm de espessura. Também são permitidos pneus “Spike” e pneus para todas as épocas com a sinalização M+S – no entanto, a qualidade desses pneus não se compara com a qualidade dos bons pneus de Inverno.

Na Finlândia a penalidade para condutores negligentes para com os pneus de Inverno é relativamente alta. Neste país a multa é calculada de acordo com o rendimento líquido mensal do infractor e o seu valor mínimo é öS 1.000,00. Nos países escandinavos vizinhos da Finlândia como a Noruega e a Suécia, a utilização de pneus de Inverno não é obrigatória para condutores estrangeiros.

Na Eslovênia a obrigatoriedade quanto ao uso de equipamentos de Inverno é limitada ao período de 15 de Novembro até 15 de Março do ano seguinte. Ao referir-se a equipamentos de Inverno, entenda-se pneus de Inverno ou radiais com no mínimo 4 mm de espessura. No entanto, segundo a lei eslovena é necessária somente a utilização de dois pneus de Inverno.

Uma companhia seguradora austríaca assume os custos de um acidente quando um veículo está a utilizar pneus de Verão?

A terceira parte vitimada no acidente será indemnizada pelo seguro obrigatório do responsável pelo acidente, independentemente se o veículo deste esteja com pneus de Verão montados. A seguradora, neste caso, não tem o direito de reclamação contra o condutor responsável pelo acidente, uma vez que a lei de trânsito austríaca não determina nenhuma obrigatoriedade de uso de pneus de Inverno.

Não é proibida então, mesmo sob condições de Inverno extremo, a utilização de pneus de Verão. Quem conduz com pneus de Verão não pode ser penalizado unicamente pela utilização dos mesmos. No entanto, no caso de um acidente a companhia seguradora na modalidade de seguro contra todos os riscos pode recusar-se a pagar os danos derivativos do acidente: Companhias seguradoras, em casos comprovados de “negligência total”, não assumem os custos do causador do acidente. A possibilidade de um condutor ser acusado por culpa colaboradora nas esferas civil e penal é aumentada quando o condutor faz uso de pneus de Verão ao invés de pneus de Inverno. O condutor cujo veículo está equipado com pneus de Verão deve pelo menos conduzir em pistas escorregadias com especial cuidado de acordo com a jurisdição em vigor.

(Escola de Condução Fürböck)

pneucity.com - uma oferta por Delticom AG